27 de agosto de 2007

mulher

Reparei outro dia em uma mulher que encontrei, um sorriso cativante, olhar misterioso e uma audição surpreendente...
Percebi que tinha muito sentimento guardado, alguns foram utilizados, outros são tímidos, fracos e indecisos...
Ao conversar, percebi um conhecimento amplo, vivências fantásticas, tristezas escandalosas, medos terríveis e um desconhecimento de idéias simples...
Algumas perguntas que fizera, levou-me a repensar, pensar e refletir...
Refleti nos detalhes da vida que sismo em complicar por acreditar que as pessoas “acham” e sendo assim não corro atrás de respostas, apenas paro.
Pensar no passado, no que vivi, vi ou venci e esquecer que ele se foi e que existe um futuro ali, bem a minha frente, mas não consigo enxergar
Repensar nos meus atos, ações, atitudes e principalmente na falta que a emoção faz na minha vida... Repensar nos “porquês”, “não” e “talvez” do meu dia-a-dia.
É... Aquela mulher realmente chamou a minha atenção...
Consigo ainda descrevê-la: cabelos longos, cacheados, unhas grandes em cor vibrante, um leve delinear nos olhos e claro, um cigarro na mão...
Sim, um cigarro... (se não fosse esse o detalhe, teria me encontrado).
Aquela mulher chamou a minha atenção, não conseguia pensar direito no que realmente queria, quis, quero... mas sim na audácia, nas mãos e no tom forte de sua voz rouca que impunha respeito...
O sorriso que encantava mesmo após palavras rudes, imposições ou ordens...
No olhar misterioso que acalma, seduz e conquista...
É... aquela mulher realmente chamou a minha atenção...
Despertou em mim o desejo, a ousadia e claro o instinto de mulher...

2 comentários:

Kukla disse...

E você é realmente marcante!

Jornalera disse...

Repensar nos “porquês”, “não” e “talvez” do meu dia-a-dia.... eu tenho qpensar nisso tb...

ow, vc virou lésbica?
apaixonou por esta muié foi?
hahahhaha

bjs